Portas abertas para saúde: Celina Lemos

Portas abertas para a saúde - Celina

Trouxe na mala meu mat – Celina Lemos, aluna Espaço Virya

Queremos apresentar o real potencial do Espaço Virya, demonstrando suas atividades psicofísicas. Um convite para conhecer melhor nossa equipe, estrutura de atendimento e também, entender os principais motivos de nossos alunos buscarem nossa ajuda.

Celina Lemos mora em Recife, onde é médica residente em cirurgia geral. Durante um período em São Paulo, optou por aulas de Yoga para aliviar a “tensão pré-prova de residência”. Aqui ela nos conta mais sobre essa experiência em passagem por terras paulistanas.

Explique-nos um pouco sobre como nasceu o contato com a Yoga, tempo que conheceu nosso espaço e os principais motivos de procurar nosso apoio psicofísico.

Iniciei a prática de Yoga há mais ou menos nove anos, mas tive períodos intermitentes sem praticar. Principalmente pela dificuldade de conciliar meus horários no hospital e as aulas. Fui aconselhada a praticar Yoga durante o período de vestibular, melhorando minha concentração e diminuindo a ansiedade durante aquela fase de minha vida. 

Moro em Recife, mas venho à São Paulo mensalmente. Nesse mês de novembro tirei férias e conciliei meus estudos para fazer provas para concorrer à uma residência médica aqui na cidade. Assim, tive a ideia de trazer a Yoga de novo para aliviar o stress que temos no período preparatório para esse processo.

Sempre que venho para cá, fico hospedada próximo ao Espaço Virya. Então, me programei para realizar Yoga durante esse tempo e trouxe na mala meu mat (tapete de Yoga).

Quais são os benefícios adquiridos durante esse período na prática de Yoga? O que essa atividade trouxe para seu cotidiano?

Yoga é extremamente prazerosa e, com o tempo, comecei a notar os benefícios da prática em meu corpo e mente.

Fiquei encantada com a prática de yoga e acredito que me ajudou muito. Conquistei meu objetivo, já que me mantive mais tranquila, serena e concentrada; além de me sentir com um preparo físico melhor.

Na verdade, a yoga é ideal para todas os momentos, sempre. A única dificuldade está em manter uma prática constante e permanente com minha vida agitada.

Claro, que não podemos esquecer da orientação de um profissional capacitado, pois são muitos detalhes de atenção em cada postura.

Namastê!

😉

Anúncios

Portas abertas para a saúde: Mauro Galasso

Descobri uma prática que vai comigo onde eu for - Mauro Galasso, aluno Espaço Virya.

Descobri uma prática que vai comigo onde eu for – Mauro Galasso, aluno Espaço Virya.

Trata-se de uma Iniciativa para apresentar o real potencial do Espaço Virya, demonstrando suas atividades psicofísicas. Funciona como um convite para conhecer melhor nossa equipe e estrutura de atendimento.

Nesse primeiro artigo o aluno Mauro Galasso (41), que é professor universitário e gestor de conteúdo para mídias, fala mais sobre suas descobertas com a prática de Yoga.

Explique um pouco sobre os motivos de buscar nossa ajuda: tempo que conheceu nosso espaço e os principais motivos de procurar nosso apoio psicofísico.

Comecei a praticar Yoga aqui no Espaço Virya em novembro de 2012. Buscava algo que promovesse bastante alongamento, já que trabalho muito tempo sentado e o incômodo nas costas e dores nos punhos (digitação) eram pontos que me incomodavam cada vez mais.

Depois de nadar, pedalar, correr e musculação, não me encaixava mais nessa modalidades de exercícios. Sentia-me insatisfeito e desanimado em enfrentar academias. Vim para uma aula experimental por indicação de um ortopedista e logo nas primeiras aulas percebi meu desejo em investir nessa prática.

Quais são os benefícios adquiridos durante esse período na prática de Yoga? O que essa atividade trouxe para seu cotidiano?

Primeiro, acho que tem haver com meu pensamento sobre a prática em si. Antes achava uma atividade distante de minhas habilidades motoras, pois do pouco que sabia sobre Yoga, me vinha a mente um grau de dificuldade em equilíbrio e força. Passado dois anos, vejo que tem sido uma questão de elevar a confiança em mim.

Em segundo, as dores nas costas foram aliviadas a partir do momento que, aprendi mais sobre os detalhes de cada postura ou sequência de exercícios. Importante perceber meus limites e a capacidade de meu corpo e mente. Compreendo melhor o processo de alongamento e fortalecimento simultâneo de todos os músculos. Aprendi que pessoas como eu, que trabalham muito tempo sentado, inibem a atividade de uma série de músculos por todo o corpo.

Em terceiro, descobri uma prática que vai comigo onde eu for. Agora enxergo Yoga desde o espreguiçar de manhã ainda na cama, até na postura para trabalhar ou dirigir. Já tive oportunidade de realizar algumas sequencias de alongamento durante viagens e até mesmo na praia. Quero agora conquistar a disciplina de inserir 30 minutos de prática em casa, intercalando com as aulas aqui no Espaço Virya.

Quero que a Yoga seja parte de minha vida daqui pra frente.

Namastê.