Boas festas

Feliz natal e ano novoChega o período de Natal e Ano Novo e o pensamento de renovação é eminente. Para muitos, marca o momento de resgatar o fôlego perdido durante o conturbado ano que passou. Época propícia para revisitar a memória e vasculhar provas de que o ano valeu a pena.

Convidamos todos para que nesse momento de reflexão, sejamos mais abertos as novas possibilidades de fazermos melhor. Tratemos o outro com respeito, por sabermos que juntos faremos nosso amanhã. Que nossos presentes e abraços sejam uma forma de consolidar vínculos familiares e de amizade.

Nós da equipe do Espaço Virya, desejamos a todos um excelente Natal e que em 2015, alcancemos nossos desejos mais sinceros.

Namastê!

🙂

Informamos aos alunos e parceiros que nosso espaço fará uma pausa entre os dias 19 de dezembro e 05 de janeiro, retomando atividades no dia 06 (terça feira).

Anúncios

Arrumando as malas – homens

Arrumando malas - homem capaAntes de preparar as malas, separe sobre a cama o guarda roupa de acordo com o destino. Dê preferência às peças que não amassam muito (malha fria, sintéticos). O clima no destino pode variar bastante, aconselha-se a verificar sites de meteorologia, ou mesmo consultar amigos conhecedores.

Destinos mais frios demandam roupas mais volumosas, mas são peças que podemos repetir o uso. Destinos mais quentes exigem roupas mais leves, que apesar de não serem volumosas, pedem maior nº de peças (variedade), já que trocamos de roupa mais vezes. Assim, teremos de analisar quais peças devemos realmente carregar.

Alguns exemplos para formar o guarda roupa – os itens podem sofrer alterações, mas atente-se as quantidades por dia de uso:

  • Viagem de negócios: 2 ternos, 5 camisas, 1 malha, 1 jeans, 1 chinelo, 4 gravatas, 1 sapato social e 1 cinto;
  • Viagem de férias: 2 jeans, 1 bermuda, 1 chinelo, 2 pólos, 2 camisetas, 1 malha, 1 par de botas ou tênis e 1 par de mocassins;
  • Fim de semana prolongado: 1 blazer, 1 camisa listrada, 2 camisetas, 1 jeans, 1 chinelo, 1 cinto e 1 par de botas ou tênis.
Dica para dobrar seu paletó

Dica para dobrar seu paletó + camisa e meias (viagem curta)

Enrolar bermudas e camisetas podem dar mais espaço a mala

Enrole bermudas e camisetas e ganhe mais espaço

Organizando na mala

Agora com a definição do irá levar, vamos pensar na organização dentro das malas. São várias as técnicas para arrumar as malas, mas todas seguem o mesmo conceito de preparar e acomodar tudo por camadas.

Abaixo sugerimos uma maneira simples para você praticar na próxima véspera de viagem:

1ª camada: Meias e gravatas vão dentro dos sapatos, que devem ser ensacados. Aqui, também entram os itens mais pesados – calças jeans, livros, necessaire;

2ª camada: Bermudas, pólos e camisetas podem ser enroladas para ocupar menos espaço e não amassarem. Aqui também vão as calças sociais, dobre-as em dois pela costura;

3ª camada: Para finalizar, camisas e ternos no topo da mala. Não há como evitar, vão amassar. Assim que chegar ao destino, pendure tudo no banheiro. O vapor de um banho quente pode aliviar os vincos nos tecidos.

Boa viagem!

😉

Fonte: Guia VIP de estilo / 2013 – editora Abril

Arrumando as malas – mulheres

Arrumando malas - pronto para viajar 1A melhor mala é a mais leve possível: Em viagens de longa duração, escolha a mala tradicional, aquela que traz uma estrutura mais firme (se possível, que tenha rodinhas). Assim as roupas ficam mais bem acondicionadas e a amassam menos. Já as sacolas ou mochilas são mais práticas para viagens curtas.

Tenha em mente as condições climáticas do local para o qual você irá viajar: Consulte a meteorologia, assim terá em mente o vestuário mais adequado para a região que você for viajar. Procure levar peças de cores neutras, variando-as conforme o look.

Tecidos que amassam: Coloque por último as peças que amassam mais. Dobre as peças de modo que elas fiquem o mais esticado possível, de preferência, no sentido do comprimento.

Itens para serem evitados: Somente em casos de necessidade leve livros, bolsas e sapatos pesados. Certamente você não ficará a vontade de carregar volumes muito densos.

Dicas para não abusar na quantidade de roupas: Busque levar peças de cores neutras ou no mesmo padrão que se coordenam entre si. Prove as roupas na frente do espelho antes de colocá-las na mala. Você estará fazendo um teste para se certificar de quantos looks é capaz de formar com o mínimo de roupas possível.

Quantidade de bolsas e sapatos: No máximo quatro tipos de sapatos, além daquele que usará para a viagem. Certifique-se de que eles combinam com as roupas que você está levando. Quanto às bolsas, priorize as de cores neutras.

Arrumando os sapatos na mala: Acondicione-os em saquinhos separados, colocando-os na lateral da mala e preenchendo os espaços vazios. Dependendo do calçado, como uma rasteira, por exemplo, é possível deixá-lo acima da roupa.

Como economizar espaço? Cintos e meias, por exemplo, podem ser enrolados e colocados dentro dos calçados.

Lingeries: Dobre as lingeries e coloque-as dentro de um lenço ou de uma nécessaire.

Identifique a sua mala: Coloque fitas de cores diferenciadas para identificar a sua mala. Isso ajuda na hora de resgatá-las em esteiras de aeroporto.

Distribua o conteúdo e otimize o espaço

Distribua o conteúdo e otimize o espaço

Abaixo trazemos alguns exemplos para formar o guarda roupa – os itens podem sofrer alterações, mas atente-se as quantidades.

Viagem à praia (7 dias):

  • 1 pijama,
  • 2 lingeries para cada dia,
  • 7 camisetas ou blusinhas,
  • 3 shorts, ou bermudas, ou saias
  • 4 biquínis/maiôs
  • 1 cardigan
  • 1 calça jeans
  • 2 roupa social ou para a balada (caso deseje sair à noite)
  • 4 vestidos que não amassem (preto, cru e floral);
  • 1 toalha de praia;
  • Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.
  • Calçados: 1 chinelo, 2 rasteiras e 1 sandália.

 Viagem ao campo ou hotel fazenda (7 dias):

  • 2 lingeries para cada dia
  • 1 pijama
  • 7 camisetas ou blusinhas
  • 2 calças jeans (1 você viajará no corpo)
  • 2 bermudas/ shorts /saias
  • 4 vestidos que não amassem (preto, cru e floral)
  • 1 jaqueta jeans ou de nylon
  • 3 ou mais conjuntos de fitness para a prática de esportes
  • 1 biquínis ou maiô + a saída de banho
  • 1 chapéu
  • 1 bota (caso deseje calvagar)
  • Meias para a bota (cor da mesma) e meias brancas soquete
  • Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.
  • Calçados: 1 tênis, 2 sandálias e 1 chinelo

Boas férias!

😉

Arrumando malas - pronto para viajar

Fonte: Portais da moda

 

 

 

Escolhendo o filtro solar ideal

Escolhendo filtro solar - capaA importância do uso de protetor solar acontece durante o ano inteiro, mas, em dezembro  os raios de sol estão mais intensos e podem ser ainda mais agressivos à pele.

Suas características pessoais devem ser pesadas na hora de comprar o produto. “Quando você faz a escolha certa, o produto atua de forma mais eficaz e garante melhor proteção contra queimaduras, sensações de ardor e inchaços causados pelos raios solares. Caso escolha um item incompatível, pode agravar quadros de oleosidade, vermelhidão, coceira, acne e outros incômodos”, afirma Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica.

Usar corretamente evita manchas e acne

Peles com propensão a alergia, acne e rosácea: essas pessoas também podem apostar em protetores físicos, que refletem ou dispersam os raios de sol. É importante ficar atenta aos que contém álcool na formulação e pacientes que têm tendência à acne devem evitar os tipos gordurosos ― geralmente encontrados nas versões creme ― e preferir os em gel.

Pele seca: beneficie-se dos protetores solares hidratantes, formulados como cremes, loções, emulsões e geis. Mas não se esqueça de usar o hidratante comum, pois os filtros não substituem esse procedimento, que deve ser feito 15 minutos antes do protetor.

Para tons de pele mais escuros: ao contrário do que se imagina, esse tipo de pele também precisa de proteção e os produtos mais indicados são os filtros solares físicos, especialmente os que são à base de titânio, pois promovem ampla cobertura contra os raios UV, com FPS 15, no mínimo.

Para as pessoas com melasma, histórico de câncer de pele ou pele muito clara: para esse público, o mais indicado é um protetor solar com FPS 30, no mínimo. Ele deve ser utilizado diariamente e reaplicado a cada duas horas ou após nadar ou suar muito.

Para crianças: fique de olho nas versões específicas para idade. Crianças entre seis meses e dois anos devem usar as versões baby, com FPS 30 no mínimo. Acima de dois anos os pequenos já podem usar os mesmos protetores que os pais, mas existem alguns produtos com a indicação kids, que oferecem embalagens atrativas. As versões em spray são mais práticas, mas lembre-se de não usá-lo diretamente no rosto, prefira aplicar nas mãos e em seguida espalhar na face.

Para as gestantes: além de levar em consideração as caraterísticas da pele, as gestantes devem ficar atenta as substâncias que compõe o produto, uma vez que nessa fase a pele da mulher tem maior capacidade de absorção.

Para os idosos: a aplicação do produto é fundamental nessa fase, pois, além de evitar os riscos de câncer de pele, também ajudam a desacelerar o processo de envelhecimento da derme. Para ajudar nessa missão, os produtos encontrados em spray são mais práticos e facilitam o alcance de áreas como pernas e costas.

Bom verão pra gente!

😉

 

Fonte: blog Revista Pense Leve.

Virada Esotérica em São Paulo

1 Virada Esotérica - capaA 1ª VIRADA ESOTÉRICA traz a São Paulo a experiência das grandes Viradas Culturais que acontecem no Brasil e também por todo o mundo. Une pela primeira vez 3 grandes eventos que acontecerão simultaneamente: 5ª Mystic Fair Brasil, 3ª Expo Saúde Alternativa e 1ª Feira Esotérica do Livro. Será nos dias 13 e 14 de dezembro de 2014 no CENTRO DE EXPOSIÇÕES IMIGRANTES, com mais de 24 horas de duração.

A VIRADA ESOTÉRICA tem por objetivo unir as diferentes formas de espiritualidades e todo o segmento místico e esotérico, formando uma rede de energia e pluralidade espiritual. 1 Virada Esotérica - logoOferece ao público conhecimentos místicos, esotéricos e espirituais numa jornada com grande diversidade de atividades voltadas ao tema.

Um ciclo de 24 horas ininterruptas de rituais, meditações, cursos, palestras, vivências, workshops e aulas experimentais e atendimentos terapêuticos gratuitos.

Confira a programação completa no site do evento, pois tem muita coisa programada entre a manhã de sábado e a noite de domingo. A entrada custa R$ 25 e vale para os dois dias (venda através do sistema Ingresso Rápido).

Namastê!

😉

Veja o vídeo promocional do evento:

Você conhece os “foodies”?

Você conhece os foodies - capaApaixonados por gastronomia, os foodies dedicam-se a visitar restaurantes famosos, descobrir novos e voltar aos preferidos. Com seus comentários e imagens divulgadas pelas redes sociais, são influenciadores de público para lugares, dão dicas dos pratos da moda e ensinam truques para comer bem, sem gastar muito.

Um foodie é um apaixonado nato por tudo o que sejam iguarias e seus ingredientes. Por tudo ao redor das formas de cozinhar e de aprender sobre cozinha. Desde o mais simples ao mais especial.

Tudo é importante. Sejam um cachorro quente ou caviar. Seja um grande chef renomado ou o cozinheiro do “restaurante lá do bairro”, que serve deliciosos pratos do dia. Tudo é motivo de paixão: cozinhar, ingredientes, as facas e as panelas, livros de receitas. Além das técnicas culinárias e toda a tralha que se pode encontrar dentro de uma cozinha”, diz Rodrigo Menezes, dono do blog Foodie em Portugal.

Um foodie adora fazer jantares para os amigos. Fala de vinhos e de comida. Sabe quem é o chef que cozinha no restaurante “X”, quem é o sub-chef do restaurante “Z”. Tal e qual como quem gosta de futebol, um foodie discute o melhor dos melhores. O melhor restaurante da cidade, o melhor arroz de cabidela do mundo, a melhor mercearia, o melhor isto ou o melhor aquilo. Desde que tenha algo para se comer ou provar. Quase obsessão e com muita paixão.

A rede social Instagram virou uma ferramenta poderosa nas mãos desses interessados por gastronomia. No ranking das hashtags mais utilizadas na rede social em 2013, a marcação #food ficou em quarto lugar, a frente de #selfie. Ficando atrás apenas de #tbt (em tradução livre, algo como “quinta-feira da lembrança), #friends e #fashion.

Foddies adoram fotos de comida

Postar fotos de suas refeições virou mania de quem traz um smartphone sempre a mão. Porém, os foodies se destacam pelas boas imagens, ricos comentários sobre paladar e experiências sensoriais do “estar à mesa”. Mesmo não sendo profissionais do ramo, utilizam suas visitas rotineiras a locais gastronômicos, como um hobby e não um hábito alimentar.

O engenheiro químico Fábio Moon (27) não é crítico profissional, nem costuma utilizar as hashtags, mas já bateu a marca de 5 mil fãs no Instagram. Faz pelo menos 14 refeições fora de casa por semana. Sua rotina muitas vezes inclui dois a três jantares na mesma noite – e já chegou a comer em 14 restaurantes diferentes no mesmo dia (em alguns locais, comeu apenas uma esfirra, por exemplo).

Cantor profissional desde seus 16 anos, Gabriel Cavalcante (28) frequenta os tantos botequins do Rio de Janeiro. “Não levo em conta o bairro, a pompa ou a simplicidade do lugar, o que importa é a cozinha”, diz Gabriel. O sambista carioca se apresenta em diversas cidades no Brasil e do mundo. Atualmente come fora de casa pelo menos dez vezes por semana e já acumula quase 3 mil seguidores no Instagram.

Especializada em gastronomia, a jornalista Ailin Aleixo (37) passou a se dedicar integralmente ao site Gastrolândia – guia, avaliações, notícias, receitas e dicas de viagem. Já ultrapassa 15 mil seguidores no Instagram e 330 mil curtidas no Facebook. Para ela, parte do sucesso se deve ao apelo visual de pratos bem produzidos e bem fotografados.

Os foodies escolhem os melhores lugares para comer

Fontes: Sites Foddie e Gastrolândia; revista Gol Linhas Aéreas.